Domingo, 16 de julho de 2017 às 6:19 em Notícias
Músico é atingido por tiro de policial militar durante show em Marabá

 

O soldado Cordeiro, do 4º Batalhão de Polícia Militar, foi preso por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na madrugada de ontém, (15), após ter atingido o músico Jhonny Balada com um disparo de arma de fogo, no abdômen. O caso foi registrado durante o intervalo entre o show do cantor Pablo, e a apresentação do DJ Felipe, na programação de lançamento de uma nova rádio, na 31ª Feira Agropecuária de Marabá (Expoama).

Em seu relato, Cordeiro contou que 'vagabundos' tentaram roubar a arma dele e que o tiro que atingiu o músico - não envolvido com a situação - foi disparado em direção ao chão. Apesar de não explicar como o rapaz foi baleado no abdômen; algumas testemunhas confirmaram a legítima defesa.

O policial militar foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante. Após audiência de custódia; o soldado foi liberado do flagrante.

Músico está internado, e passa bem

O percussionista baleado estava acompanhado da esposa e amigos na festa, e testemunhas afirmam que ele perdeu muito sangue até ser socorrido e levado para o hospital em uma ambulância. Imagens registradas no momento do atendimento médico mostram Jhonny sendo levado em uma maca, pela equipe de saúde, até a ambulância.

Segundo a esposa da vítima, Delmaires Aguiar, o músico foi encaminhado para o hospital, onde passou por cirurgia para retirada do projétil alojado. "Ele está sentindo dores, está com sonda no estômago e tomando soro, mas vai ficar bem", disse.

Nas redes sociais, amigos e familiares deixaram mensagens de incentivo se mostrando preocupados com o músico. "Nossas orações são para que você se saia bem e volte a nos alegrar com sua percussão"; "Força e fé. Você vai conseguir. Deus é contigo, meu amigo", dizem algumas mensagens.

 

 

(Com informações de Jéssika Ribeiro/Diário do Pará)

COMENTÁRIOS