Notícias » Política

 

Últimas notícias

Presos mais integrantes do bando que assaltou BB de Baião

Na manhã de ontem (4) chegaram a Belém dois homens envolvidos no assalto à agência do Banco do Brasil no município de Baião, região do Baixo Tocantins, nordeste do Pará.

A dupla foi capturada com armamento de uso exclusivo da Polícia Civil, na quinta-feira (3), no município de Tucuruí, na região sul do Estado. A prisão ocorreu após os dois serem monitorados desde Santa Maria do Pará, às margens da rodovia Belém/Brasília.

De acordo com o delegado Ivanildo Santos, diretor da DRCO (Divisão de Repressão ao Crime Organizado), a polícia recebeu uma denúncia de que Sílvio Andrade Costa, vulgo “Barriguinha”, encontrava-se dentro de um ônibus em Santa Maria do Pará.

Diante da informação, policiais da Delegacia de Repressão a Roubo a Banco se deslocaram para o município. De lá, acompanharam o veículo no qual Sílvio estava até o Terminal Rodoviário de Belém.

ABORDAGEM

Na capital paraense, Sílvio apanhou outro ônibus e seguiu para Tucuruí. Ao desembarcar no Terminal Rodoviário do município, ele estava com uma sacola e caminhou em direção a um veículo Peugeout.

No veículo, Joel Barros Muniz o aguardava. Nesse momento os policiais civis resolveram abordá-los e fazer uma revista. Ao realizarem o procedimento, os policiais constataram que dentro do veículo havia uma pistola Carabina Magal, calibre 30, com dois carregadores repletos de munição e um colete à prova de balas.

De lá, Sílvio e Joel foram transferidos para Belém, mais especificamente para a sede da DRCO. Em depoimento, Sílvio declarou que havia saído do município de Capanema, nordeste do Pará, para receber as armas em Tucuruí.

Segundo o delegado Ivanildo Santos, a dupla esteve envolvida no assalto à agência do Banco do Brasil de Baião, ocorrido no ano passado.

Sílvio Costa, o “Barriguinha”, estava com a prisão preventiva decretada desde o dia 6 de junho de 2010, pela Justiça do Estado de Goiás, justamente por roubo a banco. Já Joel Barros Muniz estava foragido da penitenciária do município de Paragominas, próximo à rodovia Belém/Brasília. Dessa vez, os dois foram autuados por porte ilegal de arma de fogo e ficarão à disposição da Justiça. Fonte: Diário do Pará

© ARARA AZUL FM
BRLOGIC